Em visita ao centro de pesquisa Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia, em 23 de julho, comprovei o desempenho de alto nível da instituição em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), considerado um dos mais importantes da América Latina e referência no desenvolvimento de software embarcado, em qualidade de software e soluções móveis.

Compartilharam dessa visita o presidente da AmazonasTur, Sérgio Litaiff Filho, o comandante do Centro de Instrução de Guerra na Selva, coronel Fábio Fustosa e o vice-presidente de Public Affairs ou Assuntos Corporativos da Samsung, Mário Faffitte. Fiquei bem impressionado e surpreendido, por isso registro neste artigo a solidez e organização da instituição que demonstra ser tudo possível quando há empenho, coragem e vontade de realizar.

O Instituto desenvolve vários projetos, entre os quais se destacam os games, aplicativos, projetos com Realidade Virtual, Moray STF (trabalho remoto em qualquer parte do mundo), InfoSaúde, que monitora a saúde dos funcionários no home Office, VR Healthcare, plataforma de treinamento para profissionais da saúde, entre outros.

O Sidia possui em seus quadros mais de 900 profissionais das mais diversas formações, continuamente treinados e capacitados para o desenvolvimento de projetos tecnológicos e inovadores, com padrões internacionais de qualidade, o que torna perfeitamente possível manter o desenvolvimento tecnológico que dá suporte a evolução de tablets, celulares e de soluções mais avançadas, como Internet das coisas, inteligência artificial, novas tecnologias vestíveis (wearables) e smart TVs, plataforma e aplicação para óculos de realidade virtual, realidade aumentada e criação de games de classe mundial etc. Suas dependências são dotadas de layout moderno, que maximiza o funcionamento de suas atividades e otimiza o ambiente de trabalho. O Sidia também desenvolve parcerias e colabora com entidades de ensino e de pesquisa em projetos de desenvolvimento, ampliando os conhecimentos e aplicações de avanços tecnológicos. Um dos objetivos principais do instituto é conduzir pesquisas e desenvolvimento tecnológicos com a parceria das indústrias do Polo Industrial de Manaus (PIM), dos entes governamentais e acadêmicos, estimulando inovações tecnológicas.

O aporte de equipamentos e funcionários especializados e treinados situa o Sidia num patamar superior de tecnologia e inovação, tanto pelos projetos desenvolvidos internamente, como pelo excelente ambiente de trabalho, cuidadosamente preparado, que otimiza e potencializa o rendimento intelectual das pessoas que ali desenvolvem suas atividades. Credenciado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), o Sidia está apto para desenvolver e gerir projetos e recursos no âmbito da Fei de Informática e de outras leis de incentivos. Abrem-se, desta forma, reais possibilidades dos setores produtivos do Amazonas realizarem importantes parcerias com o Sidia.

 

Por: Antonio Silva/Presidente do Sistema FIEAM