A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizaram uma solenidade de assinatura de convênio entre os órgãos para aquisição de sementes de milho do tipo BRS 4157 Sol-da-Manhã. A assinatura foi realizada na sede da secretaria, na avenida Carlos Drummond de Andrade, 1.460, Japiim.

A Conab estava representada pelo superintendente Serafim José Taveira Junior, que ressaltou o bom trabalho realizado no ano passado e que essas sementes serão doadas para incentivo e aumento da produção.

“No ano passado houve um aumento de pelo menos 20 a 30% na produção de milho no estado, após a distribuição das sementes. A execução do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) Sementes é garantia inclusive da nossa atividade, da existência da Conab no estado”, disse o superintendente.

A aquisição das sementes ajuda o produtor das mais diversas formas. Uma delas é por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), em que o produtor comercializa a produção, que a seguir é doada diretamente para entidades que precisam dos alimentos para se manter.

Ao todo, 28 unidades do Idam, em 27 municípios, receberão aproximadamente 25 toneladas, a maior quantidade já fornecida desde 2017. A entrega vai beneficiar 1.238 agricultores familiares, sendo 81% pertencentes aos Povos e Comunidades Tradicionais (PCTs), ribeirinhos, indígenas, pescadores artesanais e demais povos tradicionais, que têm a agricultura como primeira ou segunda atividade fonte de renda.

A previsão do início das entregas é para a segunda quinzena de março. Conforme forem recebendo, os produtores já podem fazer uso das sementes para o começo do plantio. As sementes serão entregues no depósito de sementes da Sepror para envio imediato aos municípios.

Para o titular da pasta, Petrucio Magalhães Júnior, um dos pontos importantes é que a quantidade de grãos produzidos corresponde a uma enorme fatia da demanda de grãos do estado, principalmente para a produção animal, ou seja, servindo para a composição de ração de peixes, aves, suínos e outros.

Foto: Djalma Júnior

Fonte: Secretaria Estadual de Produção Rural