Em entrevista ao Planalto, o embaixador do Brasil na China, Paulo Estivallet de Mesquita, declarou que a visita do presidente Jair Bolsonaro ao país asiático é uma decorrência natural da importância da relação entre os dois países. O presidente chega ao país na quinta-feira (24). A China é o primeiro parceiro comercial do Brasil, com um volume maior do que o dobro dos Estados Unidos, que ocupa o segundo lugar. Além disso, o país também é um dos principais fornecedores de investimentos em áreas cruciais, tais como infraestrutura e energia, prioridades do governo brasileiro.