Com o intuito de conectar empresas inovadoras, que trabalham com produtos da sociobiodiversidade e que geram impactos positivos para a sociedade amazonense, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), realizou, na terça-feira (14), em parceria com a MOV Investimentos, uma rodada de negócios voltada para startups locais.

O encontro aconteceu no auditório da Sedecti, localizada na avenida Urucará, bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus, e reuniu startups de vários segmentos. A ideia foi conectar os empreendedores à empresa MOV Investimentos, que está em busca de negócios inovadores para seu novo fundo de investimento.

O chefe do Departamento de Extensão Tecnológica e Inovação da Secretaria Executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) da Sedecti, Leonardo Rodrigo da Silva, falou sobre a importância que o encontro teve para o ambiente de negócios do Estado.

“O evento vem para colaborar no levantamento de informações relevantes dessas startups e negócios da bioeconomia amazônica, de modo a auxiliar na tomada de decisão para implementar políticas públicas que possam desenvolver sustentavelmente a economia do Estado, além de fortalecer o ecossistema de inovação local”, destacou Silva.

Na avaliação do representante da MOV Investimentos, Daniel Serra, além de conectar empreendedores e investidores, a iniciativa vai promover a bioeconomia local.

“O encontro organizado pela Sedecti com as empresas inovadoras do Amazonas foi excelente. Esse tipo de evento conecta empreendedores e investidores, interessados em promover a bioeconomia e fazer negócios com geração de impacto socioambiental positivo no Estado”, enfatizou Daniel que é sócio associado da MOV.

Residuum

Um dos participantes da rodada de negócios foi Maurílio Corrêa, CEO da Residuum que é uma startup Cleantech de gerenciamento e destinação de resíduos sólidos, focada em logística reversa e cidades inteligentes.

“Gostaria de agradecer à Sedecti pelo convite para participar da rodada de negócios com o representante do fundo de investimento. Esse tipo de iniciativa é muito importante porque vem fomentar novos negócios, novas conexões e novas possibilidades, além de nos ajudar bastante porque, para nós que trabalhamos na área de Tecnologia e Inovação, esse tipo de conexão que a Sedecti vem realizando é de extrema relevância. Por isso, gostaria de agradecer por todo o apoio que a Secretaria tem nos dado”, declarou o empreendedor.

Fortalecimento de CT&I no Amazonas

A iniciativa da Sedecti em articular o ambiente de negócios inovadores está contemplada no Plano Plurianual (PPA 2020-2023) do Governo do Estado do Amazonas, e ligada à ação 2694 do Plano que define sobre o “Fortalecimento do Sistema Estadual de CT&I”, além da ação 2757 que trata sobre o “Fortalecimento do Ecossistema de Bioeconomia no Estado do Amazonas”.

Para Mariana Cohen, assessora do Departamento de Bioeconomia e Ações Estratégicas da Secti, o contato feito pela MOV Investimentos com o Governo do Amazonas, por meio da Sedecti, foi de grande relevância para a movimentação do mercado inovador local.

“A MOV entrou em contato com a gente e solicitou nossa ajuda para conhecer as empresas da região. Nosso papel como Sedecti foi de fazer essa articulação entre as empresas, porque acreditamos que essa iniciativa vai gerar benefícios para o mercado inovador do nosso Estado. O próximo passo agora será com a seleção das startups que a MOV irá fazer, a partir da apresentação que elas realizaram para os investidores”, destacou Mariana.

Além da Residuum, também participaram da rodada de negócios, as startups: Descarte Correto, Terramazônia, Fish Maria, Oiram, Amazon Doces, Pharmakos D’Amazônia e Warabu.