Estreante e entre as organizações finalistas da 22ª Mostra de Gestão e Melhorias para Qualidade, o Posto Rezende foi um dos destaques do primeiro dia com o projeto para redução da quantidade de erros nos recebimentos realizados pelos frentistas. Doze microempresas integrantes da Mostra da Qualidade, ao lado de grandes empresas, como Hitachi, Musashi, Moto Honda e HDL, abriram as apresentações nesta quarta-feira (3), no SESI Clube do Trabalhador, nas modalidades Gestão e Processos.

O desenvolvimento do trabalho com os frentistas, iniciado em março de 2020 pela microempresa Posto Rezende, constatou erros no recebimento, principalmente pelos vales que eram cobrados dos frentistas e pela não sistematização dos erros para comparação futura. Em média, de acordo com o frentista Carlos Oliveira, foram cerca de 675 erros/mês, o que somou R$ 12 mil em seis meses de monitoramento pelo projeto.

“Semanalmente eram registrados erros de recebimento de combustível, gerando vales a serem descontados dos frentistas. A gerência fez observações nos dois turnos para identificar pontos críticos causadores desses erros e as reclamações dos clientes quanto aos erros e a desmotivação dos frentistas frente aos constantes descontos, confirmando o problema”, contou ele.

Como o problema de erros nos recebimentos estava relacionado à atividade operacional do frentista e tinha um impacto negativo para o cliente e desmotivador para o trabalhador, a equipe, segundo Oliveira, iniciou um processo para a melhoria da gestão, considerando prioritário a frente de outros problemas que dependiam muito mais da direção do posto.

Dentre os ganhos apresentados ao longo dos meses para o frentista, motorista e para o posto, Oliveira descreveu que todos saem ganhando dentro da meta de queda em torno de 80%, futuramente sendo replicada também para outras três unidades de abastecimento.

“Para o frentista não seria descontado no seu salário mensal o valor relativo aos erros, para o motorista não ficaria aborrecido e irritado por erros no registro do seu abastecimento e para o posto teria uma equipe mais motivada e satisfeita sem ocorrência de vales por erros”, explicou.

Veteranas em busca do ouro

Atuante no fornecimento de amortecedores para o segmento de duas rodas do Polo Industrial de Manaus (PIM), a empresa veterana Hitachi trouxe o projeto para implementação de melhorias do processo de redução no índice de rejeição no processo do mandril na linha do ferro, presente na produção da empresa.

Com clientes do polo de duas rodas, como Moto Honda da Amazônia e Yamaha Motor da Amazônia, a empresa trouxe esse ano projeto relacionado com as estratégias da organização, utilizando como base a política da qualidade e ambiental da Hitachi. Segundo o analista da qualidade, Charlon Costa, o projeto enfatiza melhorias que venham agregar valores ao processo, reduzindo custos por desperdício, bem como contribuindo para a minimização da poluição ambiental.

Para eliminação no processo de usinagem da empresa Moto Honda da Amazônia, o projeto apresentado esse ano na Mostra da Qualidade trouxe melhoria dos gastos em R$ 60 mil ao ano para o acréscimo de um posto de inspeção, deixando de gastar também aproximadamente R$1 milhão/ano com peças inutilizadas, caso fosse implantada medida de contenção no setor origem fundição, de acordo com o especialista de processo, Fredson Silva.

Pelo segundo ano participando com seus projetos de melhoria no PQA, o diretor geral da Musashi, Roberto Murayama, ressalta os inúmeros ganhos financeiros e logístico de tempo com os projetos, além da satisfação interna dos colaboradores e a proteção do meio ambiente com a compra de lavadora de embalagens, processo anteriormente terceirizado e hoje internalizado pela empresa.

Acompanhe as empresas que estarão na programação desta quinta-feira (4), na transmissão on-line na página do PQA no Youtube (www.youtube.com/PQAAmazonas):

Manhã

8h30- Abertura

9h às 9h40- Estação Naval do Rio Negro

10h às 10h20- SEMP TCL

10h30 às 11h10- Centro de Intendência da Marinha em Manaus

11h20 às 11h40- Honda Componentes da Amazônia

Tarde

14h10 às 14h30- Midea Carrier

14h40 às 15h20- Flextronics (Gestão)

15h30 às 15h50- Brasil Norte Bebidas

16h10 às 16h30- Flextronics (Processo)

16h40 às 17h- Brasil Norte Bebidas

17h10 às 17h30- Águas de Manaus

17h40 às 18h- Supermercado Yroyak Vieiralves