Até o dia da feira mais esperada pela população amazonense, as inscrições estarão abertas. A Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (fesPIM) é um projeto pioneiro e tem por conceito aliar sustentabilidade e tecnologia, incentivando iniciativas sustentáveis para geração de emprego e renda. O projeto busca mostrar a importância do PIM não somente para a região amazônica, mas para todo o país em relação ao desenvolvimento econômico a partir do uso de recursos naturais de maneira correta.

O público que se interessar, pode garantir a vaga através do site oficial fespim.com.br . O Polo Industrial de Manaus (PIM) é o principal pilar da preservação ambiental do Amazonas, conservando 96% da floresta amazônica, além de manutenção de aproximadamente 86 mil empregos diretos.

A fesPIM será realizada nos dias 27, 28 e 29 de novembro, no Stúdio 5 Centro de Convenções e contará com a participação de palestrantes renomados da área de sustentabilidade. A Suframa e o Instituto Piatam são os responsáveis pela realização da Feira.

INPA VAI EXPOR TECNOLOGIAS E PRODUTOS NA FESPIM

 

 

 

 

 

 

Tecnologias e produtos desenvolvidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) serão expostos na I Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (fesPIM), que acontece entre os dias 27, 28 e 29 de novembro, no Studio 5 Centro de Convenções, zona Sul de Manaus. O convite ao Inpa, uma instituição que é referência nos estudos da biodiversidade da Amazônia, foi feito pelo Instituto de Inteligência Socioambiental Estratégica da Amazônia (Instituto Piatam), promotor do evento.

A fesPIM tem como objetivo incentivar as iniciativas sustentáveis para melhorar a economia, com um espaço de venda direta de produtos produzidos no polo e importados com preços inferiores ao varejo, chamada de “Duty free”, mostrando a importância desse mercado para a sustentabilidade da floresta. A feira terá a participação de palestrantes renomados da área de sustentabilidade e exposições de várias organizações.

“Essa é uma boa oportunidade para mostrar o que o Inpa faz, seus produtos e o seu potencial de atuação na vertente da bioeconomia”, disse a diretora do Inpa, Antonia Franco. Para o presidente do Instituto Piatam, Alexandre Rivas, a participação do Inpa no evento é um reconhecimento da importância do Instituto de pesquisa, assim como de outras instituições que trabalham há muito tempo com interesse voltado para o desenvolvimento da Amazônia. “Para nós é uma honra o Inpa ter aceitado o convite. Com certeza a participação do Inpa dá um brilho diferente, uma pegada diferente e nos ajuda a abrir portas”, disse Rivas.

PRODUTOS DA TERRA ESTARÃO DISPONÍVEIS 

 

 

 

 

 

 

 

Na FesPIM, a Coordenação de Extensão e a Incubadora de Empresas do Inpa estarão presentes divulgando as tecnologias desenvolvidas pelo Instituto para a sociedade, além de empresários, investidores e interessados em produzir em larga escala os resultados das pesquisas. Atualmente o Inpa possui 73 depósitos de patentes com 18 concedidas e outras tecnologias aptas para serem transferidas que não estão protegidas por direitos de propriedade intelectual.

Entre os produtos disponíveis estão cosméticos (sabonete e creme evanescente, ambos de pupunha e buriti) à base de frutos, alimentos nutritivos e funcionais (snacks de açaí, cereal matinal de pupunha, barra de cereal de pupunha e cupuaçu), secador solar de produtos naturais e madeireiros, equipamento portátil de água para desinfecção da água (Água Box), construções sustentáveis, entre outros que utilizam como base recursos da Amazônica.