O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), Antonio Silva, participou na terça-feira, 17, de reunião virtual com representantes da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), em que o governador do Estado do Amazonas, Wilson Lima, destacou que enviará para a Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) proposta de prorrogação da lei que regulamenta a Política Estadual de Incentivos Fiscais e Extrafiscais – Lei 2.826, de setembro de 2003.

“A modernização da política tributária é bem-vinda, contanto que mantenha a atual carga tributária, para evitar a fuga de empresas e o desestímulo de novos investimentos”, disse Antonio Silva.

A legislação deve ser prorrogada por mais 10 anos e o objetivo do governador é dar segurança jurídica às empresas, atrair novos investimentos para o polo industrial da Zona Franca de Manaus (ZFM), no Amazonas, e simplificar alguns trechos da norma atual que tem validade até 2023.

Os incentivos fiscais e extrafiscais visam à integração, expansão, modernização e consolidação dos setores industrial, agroindustrial, comercial, de serviços, florestal, agropecuário e afins com vistas ao desenvolvimento do Estado.

Antonio Silva também participou de reunião realizada em maio com o governador, Eletros, CIEAM e representantes das mais de 400 empresas instaladas no polo industrial para início das tratativas da prorrogação da lei.