Decisão favorável para a Zona Franca de Manaus (ZFM) junto ao novo projeto da sul-coreana LG Eletronics com investimentos milionários e geração de 150 empregos diretos e 220 indiretos no segmento de eletrônicos do Polo Industrial de Manaus (PIM). Em reunião nesta terça-feira, 11, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), Antonio Silva, o secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, do Ministério da Economia, Carlos da Costa, e mais os executivos da LG, anunciaram a aprovação da proposta da empresa para novas linhas de produção, geração de emprego e investimentos no estado.

“Estamos vivendo um momento auspicioso, por conta de termos aqui o secretário Carlos da Costa, que sempre foi comprometido com nosso desenvolvimento, desde sua primeira reunião no CAS (Conselho de Administração da Suframa), quando aqui esteve também o presidente (Jair) Bolsonaro”, relembrou Silva, ao agradecer em nome do segmento da indústria do estado do Amazonas o compromisso da Sepec firmado depois das análises do projeto.

“Agradeço também o compromisso que a LG assumiu e acabou de ratificar nesse aumento da geração de emprego para que pudéssemos continuar de uma maneira saudável essa relação da Sepec, o Ministério da Economia e o segmento da indústria. Quero dizer também que o meu voto, como conselheiro do CAS, foi no sentido de acompanhar a propositura”, ressaltou ele.

Retirado de pauta, na última reunião do CAS, o projeto, que previa investimento de R$ 325 milhões e geração de 68 novos postos de trabalho, voltou reformulado e com previsão de um aporte de R$ 3,8 bilhões e geração de 150 novos postos de trabalho. A proposta já havia tido o aval do Conselho de Desenvolvimento do Amazonas (Codam), órgão ligado a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

“Reconhecendo a importância dessa empresa, os 2.200 postos de trabalho que hoje fazem da LG o quarto maior empregador do estado do Amazonas, nós aceleramos as nossas análises e eles também as deles, e depois de um compromisso de mais do que dobrar o número de empregos previstos originalmente, de 68 para 150, temos uma grande vitória para ZFM, para a LG e para a indústria”, disse o titular da Sepec, Carlos da Costa.

O presidente da LG Eletronics em Manaus, o sul-coreano Young Seo, agradeceu, com ajuda de intérprete, à equipe do secretário Carlos da Costa, e reforçou o diálogo amistoso que permitiu que se atendesse às expectativas do governo federal e também aquilo que a LG propõe para o Amazonas, que é a geração de mais vagas no mercado de trabalho.

“A empresa nasceu na Zona Franca com 150 trabalhadores e hoje temos 2.200. Isso é fruto do investimento para encontrar o caminho certo da produtividade e da competitividade, como consequência, gerar empregos. Estamos aqui para celebrar este momento, que é de vitória para o Amazonas, que poderá contar com mais esse investimento e mais esses empregos para a região. De antemão muito obrigado, secretário, pela compreensão”, disse ele.