Desde o dia 21 de agosto, quando chamou a Agência de Promoção de Exportações e Investimentos do Brasil (Apex-Brasil) para contar as oportunidades e exigências para implementar o agronegócio na região, o Superintendente da Suframa, ALFREDO MENEZES reforçou junto aos seus técnicos a necessidade de viabilizar esse formato de desenvolvimento econômico nos padrões de sustentabilidade da ZFM. E essa semeadura de novas modulações econômicas começa a gerar frutos. Daí os avanços na reativação do Distrito Agropecuário da Suframa e a integração do CBA no projeto.

ALIMENTOS, BEBIDAS E AGROINDÚSTRIA

Para quem não lembra, o evento da Apex o ocorreu na sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) no começo deste semestre: “Seminário de Apresentação de Oportunidades para o Agronegócio – Exportagro”, com o objetivo divulgar as ações desenvolvidas pela Apex-Brasil para o setor de Alimentos & Bebidas e Agronegócios que são realizadas anualmente em diversas cidades do mundo.

COMEÇO DO AGRO NEGÓCIO INDUSTRIAL

Durante o evento foi apresentado o portfólio de produtos Apex-Brasil para empresas, em especial os projetos em parceria com associações setoriais. Além disso, foram prestadas informações sobre o Programa de Qualificação para Exportação da Agência, o Peiex. Foi assim, que essa vertente começou a fazer brotar as oportunidades e tendências de mercado, incluindo os estudos e plataformas de inteligência comercial disponíveis.