Conjugação do verbo ARTICULAR. Eis a chave de mobilização do Coronel Alfredo Menezes, o Menezão. Especialista em estratégia e doutorado em Comunicação, ele já havia feito o mapa de stakeholders, quem é quem, quem faz o que e quem se dispõe a colaborar com o interesse público. Isso foi levado adiante e antes do que se esperava começou a funcionar. Muita gente que ainda não sido contatada veio conversar por conta própria e perguntar: “Em que posso ajudar para decola a nave.” 

REVOLUÇÃO PARLAMENTAR 

 

Ganhou prioridade aquilo que se chama especial “articulações institucionais”. Era preciso ampliar o leque de bons soldados para lutar  em defesa do modelo de desenvolvimento regional. Um dos alvos, além das entidades de classe, foi a Bancada Parlamentar de toda a região coberta pelos incentivos administrados pela Suframa. Então, o que eram 13 soldados do Amazonas, virou quase 70 deputados e senadores para restaurar os direitos e recursos da Suframa. Assim, a catraia não vai virar. Está se transformando numa nave de revolução. 

 

PROGRAMAS PRIORITÁRIOS 

 

Depois do CAPDA, Comitê de Administração de Pesquisa e Desenvolvimento da Amazônia, virar casa de Mãe Joana, fazendo as verbas de P&D sumirem das demandas locais, para pagar contas de outros ministérios e outras jogadas, algumas obscuras, o que se viu na gestão Menezes foi implantação de ações com vistas à reconfiguração dos programas prioritários em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI) – em alinhamento à Bioeconomia. O nome disso é visão de futuro. E a região agradece. 

PROJETO AGROINDUSTRIAL MODELO 

Um ação que ganhou muito destaque nas prioridades da Suframa foi  o foco no desenvolvimento do Distrito Agroindustrial de Rio Preto da Eva. Este município, pelo volume de ações efetivas e bem sucedidas, foi escalado para mostrar o que pretende o CoronelMenezes para os municípios do Amazonas e de toda a área sob sua jurisdição. A despeito da dispersão do governo estadual, o superintendente contou com a firme colaboração do titular do Planejamento, Jório Veiga, ex-CocaCola.

NINGUÉM SEGURA O MENEZÃO 

 

  • É claro que nem todos atenderam a convocação da Autarquia. No Salão do Automóvel, em novembro, em São Paulo, enquanto Alfredo Menezes defendia o modelo ZFM…
  • … sua Excelência se restringiu a assistir à Corrida de Fórmula 1, em Interlagos. Um sinal destoante com estranhas prioridades e omissão.
  • Mas isso não inibe, nem desestimula a obstinação do soldado. O Coronel Menezes sabe a que veio e com quem pode contar. 
  • Sem contar com o fim do filme de terror, os buracos das vias do Polo Industrial de Manaus.