O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) aumentou 3,2 pontos em junho de 2021, atingindo 61,7 pontos. É a segunda alta consecutiva do ICEI, que acumula alta de oito pontos desde abril. O índice de confiança aumenta, assim, a distância com relação à linha divisória de 50 pontos, que separa a confiança da falta de confiança, indicando otimismo maior e mais disseminado na indústria.
Com o aumento da confiança de junho, a confiança do empresário industrial se aproxima de patamares observados no segundo semestre de 2020, período de forte recuperação da economia brasileira.
Componentes do ICEI
Todos os componentes do índice de confiança da indústria registraram avanço em junho de 2021. Se destaca a alta do Índice de Condições Atuais, cujo crescimento demonstra uma percepção mais positiva do estado atual da economia brasileira e das empresas. O índice cresceu 4,6 pontos para 54,8 pontos, se afastando, assim, da linha divisória de 50 pontos que separa uma percepção negativa de uma percepção positiva das condições atuais. O Índice de Expectativas, que já estava em um alto patamar, avançou 2,5 pontos, atingindo 65,1 pontos, o que indica ainda mais otimismo da indústria para os próximos seis meses.