O Governo do Amazonas e o Governo Federal, por meio da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) e do Ministério do Turismo (Mtur), respectivamente, inauguraram nesta sexta-feira (23/04), a segunda etapa do Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques.

“Esta estrutura é um marco para o Amazonas porque representa a ampliação da atividade turística no Estado, principalmente em segmentos importantes do setor, como turismo de eventos e de negócios. É o maior Centro de Convenções da região Norte, graças a parceria do Governo do Estado com o Governo Federal”, ressaltou o governador Wilson Lima.

Juntamente com a primeira fase, o complexo passa a ter capacidade para 10 mil pessoas simultaneamente, consolidando-se como o maior Centro de Convenções da região Norte do país. O prédio terá quatro pavimentos, totalizando 14.300 m2, e será destinado a feiras e exposições.

Novas agências da Caixa no Interior do Amazonas

O Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, destacou as principais medidas do banco a nível nacional e especificamente no Estado do Amazonas. “No primeiro ano do Governo Bolsonaro, tivemos mais lucro que nos 8 anos de Fernando Henrique e 8 anos do governo Lula. Realizaremos investimentos para a conservação de parques no Brasil, doação solidária de alimentos a população e a abertura de mais 10 agências da Caixa no interior do Amazonas”, disse Guimarães.

O Governo Federal vai distribuir mais de 270 mil cestas de alimentos para garantir a segurança alimentar da população amazonense. A ação faz parte da Iniciativa Brasil Fraterno, que atende famílias vulneráveis nos municípios afetados pelos efeitos econômicos e sociais da pandemia.

“Assim como o auxílio emergencial, as ações de segurança alimentar integram a resposta do Governo Federal para garantir dignidade ao nosso povo, em especial neste período de pandemia”, ressaltou o ministro da cidadania, João Roma.

Investimentos no turismo

Houve a assinatura simbólica de termo de investimentos entre o presidente da Caixa e o Ministro do Turismo, Gilson Machado, com o repasse de mais de R$ 1 bilhão para a recuperação do turismo no Brasil, sendo que desse valor, R$ 128 milhões serão voltados ao banco da Amazônia para recuperação do Turismo da região. Gilson Machado, ministro do Turismo, enfatizou.

“Nada é igual a experiência de turismo que o Amazonas oferece. Inauguramos agora esse Centro de Convenções e outros monumentos que antes eram abandonados pelo poder público”.

O presidente, Jair Bolsonaro, agradeceu o título de Cidadão Amazonense e destacou a parceria entre Governo do Estado e Governo Federal. “Estou muito orgulhoso de receber o título de Cidadão Amazonense, isso representa o vínculo do Governo do Estado com o Governo Federal. Espero que a pandemia acabe e que o Brasil volte rapidamente a normalidade”. Ele ressaltou também a solicitação a Caixa Econômica Federal para que novas agencias fossem abertas no interior do Estado.