A expectativa do setor da indústria eletroeletrônica para 2020 é que o ambiente econômico fique comparativamente melhor, em virtude da Reforma da Previdência e das medidas governamentais para azeitar a microeconomia nacional, isso na avaliação do presidente da Eletros (Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos), Jose Jorge do Nascimento, onde leva em consideração que o PIM tem estoque para atravessar até três meses de produção e não deve ter seus resultados afetados do Dia das Mães, por conta do coronavírus, ressaltando que essa data comemorativa é a segunda mais forte para o setor e só perde para o Natal.

“O Dia das Mães é o segundo Natal do ano em relação ao consumo e é uma data muito importante. Temos uma expectativa muito boa de ter um crescimento de até 5% nas vendas. Os produtos que mais se destacam são, sem dúvida alguma, linha branca, a exemplo de lavadoras e geladeiras, além de eletroportáteis de uso pessoal, como chapinha e secadores de cabelo”, revela Nascimento.

Sobre o PIM e a indústria 4.0, o presidente explica que o segmento eletroeletrônico foi um dos primeiros que teve influência da indústria 4.0. “A grande maioria das fábricas do polo já adota procedimentos em processos da indústria 4.0. O que se produz no Polo Industrial de Manaus são produtos de ponta onde é necessário que se siga a linha mundial. Então, de uma forma geral, as fábricas instaladas na capital amazonense estão adaptadas. Outras já estão se adaptando nesse sentido, para produzir em ordem global”, enfatiza.

No ano em que se comemora 53 anos de ZFM, onde o polo eletroeletrônico, além de ser o maior em faturamento, é um de seus pioneiros, a Eletros faz um balanço objetivo do mercado industrial. “O modelo de desenvolvimento da Zona Franca de Manaus é exitoso e o mais bem sucedido do país. Nós, do segmento eletroeletrônico, sempre fomos muito presentes no modelo, desde sempre. Um dos primeiros subsetores industriais a se instalar na capital amazonense foi o eletroeletrônico. Temos consciência e orgulho de ter dado grande colaboração para o sucesso da ZFM. Hoje, somos os maiores em faturamento e em geração de empregos, com produtos de ponta que são fabricados globalmente e também produzidos em Manaus. Esperamos poder ter ainda muitos anos de muito sucesso. Estamos em um momento de transição e mudança real. É mais uma nova fase que se inicia. E o segmento eletroeletrônico, liderado pela Eletros, tem enviado muitos esforços no sentido de fazer com que esse modelo se fortaleça ainda mais”, finaliza.